16 de set de 2013

A Jufra da paróquia Santo Antônio do Partenon vai as ruas




     A iniciativa de levar alimento e vestes a moradores de ruas da cidade de Porto Alegre surgiu com as irmãs da Arca de Maria. Juntamente com elas participam vários leigos. Sendo assim, o grupo de jovens franciscanos e franciscanas da paróquia Santo Antônio somaram força nessa pastoral. Dessa forma, percebendo essa importância, os freis capuchinhos também juntaram-se a essa ação eclesial.
     Gesto que pode parecer focado somente na assistência social, mas que aos poucos apresenta valores cristãos. Os moradores de rua são solidários entre eles. Eles se entre ajudam. Geralmente, quando um recebe um pão logo diz: "Tenho um amigo ou amiga que também precisa! Gostaria que também levassem a ele ou a ela que está mais a frente (indicando o local)"
     A experiência de fé que eles vivenciam é surpreendente quando instigados. Um dos jovens destacava: "Vamos até eles para dar algo, como alimento, carinho, atenção. E recebemos muito mais: experiência de fé que é uma lição de vida!" Não poucas vezes encontramos a Bíblia  entre seus pertences. Cantos cristãs são comuns entre eles
     A realidade desses irmãos é muito dura. A dependência química é muito frequente e eles mesmo admitem isso. Conforme algumas partilhas, os laços familiares permanecem, embora fragmentados. Muitos não querem sair de onde estão. Um deles dizia: "A catedral (de Porto Alegre) e a praça, são nossas mães, porque, são elas que nos abrigam. E não preciso de mais nada." 
     Uma atividade que parece ser insuficiente comparada a necessidade dos moradores de ruas. Alguns encontram-se com membros amputados. A doação de alimento durante uma noite da semana (sexta-feira) é um gesto mínimo. No entanto, a retribuição dos sorrisos, das partilhas  de vida (eles querem ser ouvidos), dos cantos, revelam a importância da "Pastoral de Rua".
     Para saber o que é Pastoral de Rua segue o link: http://arcademaria.com/index.php/pt/arca-de-maria/trabalho-caritativo-social

Fonte: www.capuchinhosrs.org.br
por Frei Alisson Brunetto

Nenhum comentário: