12 de out de 2013

COM MARIA, CAMINHAMOS NA FÉ

                                       Júlio Lázaro Torma*
                                                   " Feliz Aquela que acreditou"
                                                                      ( Lc 1,45)
   CELEBRAMOS ALEGREMENTE A FESTA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA,PADROEIRA DO BRASIL.
    Onde naquele dia 12 de Outubro de 1717, nas águas do rio Paraíba, nas redes de humildes e pobres pescadores Domingos Martins Garcia, João Alves e Felipe Pedroso, apareceu uma pequena imagem quebrada, de cor escura, que estava nas águas daquele rio.
  Olhando a pequena Imagem de cor negra,nos mostra o Amor de Deus para com o nosso povo brasileiro.
  Onde através de Maria de Nazaré, que Deus veio ao mundo, fazer parte de nossa humanidade. Na imagem de Aparecida, Maria toma as feições de nosso povo, de tantas Marias que sofrem no seu dia a dia. Ela se fez negra, mostrando o seu amor para aqueles que são os mais sofridos de nossa sociedade.
   A sua aparição nas águas do Paraíba, numa das épocas mais duras de nossa História, diante da face mais cruel da escravidão africana, ela veio ser sinal da presença do Deus Libertador, que " Ouvi o clamor deste povo e conheço o seu sofrimento" ( Êx 3,7).
   Assim como a Rainha Ester, vai interceder pela vida de seu povo que estava ameaçado de extermínio, de morte. Maria que se fez pequena e negra como a maioria de nosso povo pobre, ela intercede diante de seu Filho Amado, por nós, como fez nas bodas de Caná.
   Bodas uma festa de alegria e vida, de toda uma família, uma aldeia, que estava condenada ao fracasso,por causa da falta de vinho.One falta vinho, falta a alegria. Maria vê a preocupação dos famíliares dos noivos e pede a Jesus que faça o milagre do vinho novo, que dé vida, onde acontece o Banquete da Vida.
   Vivemos num país de maioria cristã, mas onde as PALAVRAS DE JESUS são palavras ao vento, ou se diz " que são algo do passado". Onde se esquece de que " passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão"( Mt 24,35).
   Onde persiste no nosso meio as desigualdades sociais, concentração de renda, da terra, a fome, miséria,pobreza, o extermínio diário da nossa juventude,principalmente pobre e afrodescendente,indigena de nossas periferias e a corrupção em todas as esferas da nossa sociedade.Onde os políticos estão mais interessados na sua vida privada e no dinheiro de grandes grupos econômicos que os financia do que na vida do povo, dos mais pobres.
  Devemos sujar as nossas mãos e os nossos pés, ir ao encontro dos mais pobres, sair do gabinete,do sofá, do comodismo, ir a periferia, ao meio daqueles que são os últimos da sociedade.
  Não devemos ter medo de sujar as mãos, ajudando os miseráveis da terra;para que servirá ter mãos limpas se as temos no bolso?, nem agarradas uma a outra numa oração que nunca se converte em obras.
  Tenho Fé é fácil falar, mas o difícil é agir. Maria deu o seu Sim ao projeto de Deus, acreditou sem pensar nas conseqüências, que enfrentaria na vida.Queremos tudo por milagres,pase de mágica e quando não recebemos nos entristecen, ficamos decepcionados.
   Mas devemos deixar ser transformados pela FÉ e como Maria caminharmos no caminho de Jesus que é o " Caminho, a Verdade e a Vida"( Jo 14,6).
    Maria aquela que é feliz porque acreditou. Nos pede para  não desanimarmos,ter fé, não ter medo de seguir Jesus e cada vez mais nos fala:" Fazei o que Ele vós disser" ( Jo 2,5).
    " Sou caipira,pira pora, Nossa Senhora Aparecida,
      Ilumina, mina escura e funda,o trem da minha vida.
      Me, disseram,porém,que eu viesse aqui
      Para pedir em romaria e prece paz nos desaventos.
      Como eu não não sei rezar, só queria mostrar
      Meu olhar, meu olhar,meu olhar."
                          (Renato Teixeira)
  Nossa Senhora Aparecida, Rogai por nós!
  Nossa Senhora Aparecida, Defendei e Protegei o nosso povo Brasileiro!!!
_________________________
 * Membro do Colégiado da Pastoral Operária Nacional
   

Nenhum comentário: