21 de mar de 2012


Confiabilidade

"Respondeu Moisés: Mas eis que não crerão, nem acudirão à minha voz, pois dirão: O SENHOR não te apareceu." (Êxodo 4:1)
O ser humano evoluiu muito ao longos dos séculos em tecnologia, conforto, medicina, ciência e tantas outras coisas. Compreendemos hoje o que fora mistério por milênios. Fazemos hoje e que era impossível aos nossos ancestrais, falando com pessoas do outro lado do planeta em tempo real, cruzando o globo em horas, tirando fotos de lugares que nunca pisamos, e assim por diante. Mas, a humanidade continua humana em sua essência.
Note que Moisés sabia com quem estava lidando, pois ele cresceu junto daquele povo e conhecia costumes, fatos e histórias. Temos de lembrar que ele só estava no deserto por ter cometido um crime, matando um egipcio. Foi acusado por seus irmãos, não tinha credibilidade nenhuma, era um desses improváveis de Deus.
Mas como Deus faz o que quer e quando quer, nada disso estava sendo levado em conta ali. O problema era que Moisés não queria ir. Esse foi apenas um argumento de uma lista que Moisés apresentou, a ponto de que no verso 14 a ira do Senhor se acendeu contra ele. O fato e a verdade é que Moisés não tinha credibilidade nem consigo mesmo, quanto mais junto ao povo.
Não existe ministério bem sucedido no Reino de Deus sem a bênção de Deus, ainda que por um tempo as aparências indiquem algo noutro sentido. O tempo revelará. Mas também não existe ministério que ande para frente se o líder levantado por Deus não acreditar em si mesmo. Não se trata de soberba, mas de confiabilidade. Quem quer liderar precisa aprender a crer primeiro em si mesmo, na chama que arde pelo seu ministério, na unção que Deus depositou, enfim, no seu chamado. Sem soberba, com humildade, mas com firmeza.
Talvez num dia como hoje, tudo que falte para despertar um líder expressivo no Reino de Deus, através de sua igreja local, seja uma palavra de encorajamento. Então lá vai: se Deus te chamou, confie que Ele sabe o que está fazendo.
"Pai, eu quero Te servir da melhor maneira que possa, mas preciso de convicção. Trabalha meu coração para que eu saiba o que fazer e como fazer, pois confio na Tua escolha sobre mim."
Mário Fernande Fonte: http://www.ichtus.com.br/dev/2012/03/18/confiabilidade/

Nenhum comentário: