21 de set de 2012

Comissão Europeia confrontada com estudo arrasador sobre transgénicos

Um estudo provando que o herbicida Roundup e uma variedade de milho transgénico da multinacional Monsanto podem provocar doenças gravíssimos levou eurodeputados a confrontar a Comissão Europeia com a sua conhecida posição liberal em relação aos transgénicos.
Um estudo provou que cobaias alimentadas ao longo da vida com a variedade de milho transgénico da Monsanto ou consumindo pontualmente água contendo vestígios de Roundap a uma taxa como a autorizada nos Estados Unidos desenvolveram tumores mamários e lesões graves no fígado e rins.
Kartika Liotard e Nikos Chountis, eurodeputados da Esquerda Unitária (GUE/GNL) tomaram como base de uma pergunta à Comissão um estudo revelando que o herbicida Monsanto Roundup e uma variedade resistente de milho transgénico, produzido pela mesma multinacional, provocam tumores e lesões múltiplas em órgãos, provocando morte prematura em cobaias usadas como teste.
Dirigindo-se ao comissário da Saúde, John Dalli, os eurodeputados querem que sejam levantadas as regras que impedem os Estados membros de interditar a cultura de organismos geneticamente modificados (OGM) por razões sanitárias e ambientais. As instituições europeias têm-se caracterizado por uma política permissiva sob pressão das multinacionais do sector, designadamente a poderosa norte-americana Monsanto. Liotard e Chountis defendem igualmente uma revisão da política da Comissão em relação aos OGM.
Por isso, os eurodeputados pretendem igualmente que seja interdita a importação no espaço europeu de produtos suspeitos da Monsanto, a proibição de entrada na União da espécie de milho em questão oriunda de países terceiros e também a aplicação de novos limites dos teores de glifosfatos do herbicida Roundap comercializado nos 27 Estados membros.
Liotard e Chountis elaboraram a sua pergunta com base em novos dados contidos num estudo publicado quinta-feira em França. Esta investigação provou que cobaias alimentadas ao longo da vida com a variedade de milho transgénico da Monsanto ou consumindo pontualmente água contendo vestígios de Roundap a uma taxa como a autorizada nos Estados Unidos desenvolveram tumores mamários e lesões graves no fígado e rins.
Artigo publicado no portal do Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu

Nenhum comentário: