8 de fev de 2013

Pescadores de homens

                                            Júlio Lázaro Torma*
                           " Avance para as águas mais profundas e lance as redes "  ( Lc 5,4)
  O Evangelho deste final de semana em que vamos ler, escutar e meditar nos fala da vocação dos discípulos e da " Pesca milagrosa" no lago de Genesaré.
   As comunidades lucanas nos contam este episódio da pesca milagrosa,única nos textos sinóticos.
   Jesus está a beira do lago de Genesaré, na região de Cafarnaum, pregando ao povo que estava ao seu redor, enquanto olha dois barcos a beira do mar.E manda lançar as redes.
  Para as comunidades de Marcos ( Mc 1, 14-20) e de Mateus ( Mt,18-22), nos apresentam a vocação dos discípulos antes da fama de Jesus e as comunidades de Lucas nos apresenta a vocação  dos discípulos depois da fama na Galiléia.
   Este texto é simbólico, acontece após o anúncio do programa de vida de Jesus em Nazaré (Lc 4,14-30),onde resume toda a vocação e missão da comunidade de Jesus até o fim dos tempos, onde " caminha nas estradas do mundo rumo ao céu".
  Os discípulos são chamados a lançar as redes, sair das margens do lago e ir para o meio do lago a onde está os cardumes de peixes.
  Assim como após a manhã de Pentecostes, a Igreja sai do cenáculo( At 2,1-13), e vai ao encontro do mundo de mais de diferentes povos e culturas da terra.
  Onde ela com a força da Palavra de Jesus e da ação do Espírito Santo, sai do seu mundinho e do comodismo e vai ao encontro de outras culturas e formas de pensamento.
  O mundo atual é o mundo da globalização e das diversidades, onde nós batizados temos medo de dar o nosso testemunho de vida e fé.
  O homem pós moderno nos interpela o nosso testemunho de vida, nós temos medo de ir ao seu encontro,acabamos escondendo a nossa identidade e ficamos no nosso círculo e pescando nas margens,enquanto os cardumes estão longe.
  Vivemos em diversos cenários que cada vez mais nos interpelá como os vastos bolsões de miséria, o mundo urbano,a diversidade cultural, religiosa, sexual, mídia,o mundo virtual e os avanços da tecnologia, da ciência e nas áreas da intelectualidade.
  Onde com medo e saudosismo de um passado em que o cristianismo era o alicerce da cultura e da civilização ocidental, temos medo desta abertura de nos embrenhar ao mundo do desconhecido do mundo novo.
  Este estranho mundo novo que ao mesmo tempo nos seduz e fascina pela sua diversidade e velocidade, acaba nos dando medo.Vivemos pensando em que o outro venha ao nosso encontro mas acabamos não indo ao seu encontro, ir dialogar e escutar o seu clamor e aspirações como clamava o macedônio a Paulo, " Vem em nosso auxilio!" ( At 16,9).
  Como discípulos e missionários, batizados somos obrigados a dar o nosso testemunho," Ai de mim se eu não evangelizar" ( I Cor 9,16).
  No local em que estamos na familia, local de moradia, mundo do trabalho, da política, das artes, mídia, comércio, lazer, estudo,saber usar a mídia e as ferramentas disponíveis na tecnologia, da informática na era da informação.
  Devemos fazer uma Nova Evangelização, com novos métodos e não com métodos antigos ultrapassados e saudosistas de tempos em que não voltam mais.
  Jesus nos interpela e manda " avançar", não ter medo do desconhecido, ao mesmo tempo ele nos anima a ir ao dizer " Estarei convosco" e " sejais revestidos da força do alto" (Lc 24,49), que animou a Vida e a Missão de Jesus e que nos anima hoje em nossa Missão de batizados, discípulos e missionários, pois a nossa missão é permanente.
  Como Igreja somos vacacionados a sermos missionários, pescadores de homens, pois se não formos missionários, somos tudo menos Igreja de JESUS CRISTO.
   " Tu vieste á margem do lago, não buscaste nem sábios, nem ricos, queres somente que eu te siga.
   Senhor,olhaste em meus olhos e sorrindo disseste meu nome.
   Là na areia deixei o meu barco e contigo vou buscar outro mar".
    Vamos rezar por todos os aniversariantes agradecendo ao Deus da Vida,pelas suas vidas.
    Dia 12 de Fevereiro ( Terça-Feira de Carnaval), de 2013
    36ª Romaria da Terra  em Bento Gonçalves/RS
" TERRA, VIDA E CIDADANIA"
 " TERRA E CIDADANIA:PRINCÍPIOS DO BEM VIVER".
Lc 5,1-11
______________________
   * Membro da Equipe Arquidiocesana da Pastoral Operária de Pelotas/ RS

Nenhum comentário: