4 de set de 2013

Semana de oração pela paz na Síria

Roma,  

Fonte: Zenit.org

Começou na sexta-feira, 30 de Agosto, e vai até o dia 6 de Setembro, a Semana de oração pela paz na Síria- assim informou a fundação AIS semana passada.
A cada dia de oração a Fundação AIS oferece declarações enviadas diretamente da Síria trazendo informações e as palavras do povo sírio.
Publicamos a seguir o quinto, sexto e sétimo dia de intenções:
***
Quinto dia: converte o coração daqueles que usam as armas e protege aqueles que trabalham pela paz
"O mais dramático foi a total ausência de diálogo, a angústia e o desespero da população. "
A crise síria já se arrasta por mais de dois anos. Tudo começou com o desejo de lutar contra a injustiça e a falta de liberdade. Em seguida, o conflito tem se intensificado, levando à guerra civil. Mais tarde, a situação tornou-se de preocupação internacional. Os objetivos econômicos e geopolíticos tomaram já o lugar dos desejos do povo sírio.
"Esperamos que a guerra acabe, assim poderemos voltar para casa”, rezam todos os dias as crianças sírias. É tudo o que desejamos: o fim da violência.
Oremos pelos líderes políticos do mundo inteiro, para que se comprometam na promoção da paz e do bem do país. Para que parem de colocar em primeiro lugar os próprios interesses e a própria sede de poder. Rezemos por todos os que trabalham incansavelmente pela paz, por todos aqueles que procuram aliviar a dor e enxugar as lágrimas do povo da Síria, para que continuem no seu trabalho, apesar das ameaças e indiferenças internacionais.
Maria, Rainha da Paz, rogai pela Síria, rogai por nós.
*
Sexto dia: inspire na Igreja Universal compaixão pelos sírios
Rezamos hoje especialmente pela minoria cristã na Síria, o que representa aproximadamente 5,2% da população. Depois do Sínodo para o Oriente Médio de 2010, os cristãos do Oriente Médio se comprometeram a testemunhar o Evangelho ativamente, apesar de serem uma pequena minoria. Em muitos países do mundo árabe, no entanto, a violência logo silenciou os frutos da Assembleia sinodal .
A comunidade cristã está enfrentando uma situação extremamente delicada : "Os cristãos sempre mantêm  uma certa neutralidade. Não tomam partido nem a favor do governo, nem a favor da oposição e, por essa razão, são muitas vezes criticados e alvo de ambos os lados. A neutralidade, no entanto, não salvou os dois bispos sequestrados em abril passado, Gregorios Yohannna Ibrahim e Boulos al- Yazigi, nem os três padres reféns, entre os quais padre Paolo Dall'Oglio. E não poupou os centenares de cristãos sequestrados ou mortos, nem colocou um fim ao êxodo em massa dos nossos irmãos na fé. "
Rezemos pelos nossos irmãos e irmãs na fé. Que São Paulo abençoe o Cristianismo na Síria e os ajude neste lugar que foi o berço do Cristianismo. Que a fé nunca diminua. Que os cristãos possam sentir o apoio e o conforto dos seus irmãos e irmãs de todo o mundo.
Maria, Rainha da Paz, rogai pela Síria, rogai por nós.
*
Sétimo dia: Dai-nos a confiança em um futuro de paz, baseado na justiça para com todos
"É hora de depor as armas. Em vez de invocar a violência, os governos internacionais deveriam trabalhar pela paz. Apesar da crise as nossas igrejas nunca estão vazias. E os sírios sentem que podem contar com a ajuda de Deus. No seu coração há uma mistura de esperança e desconforto. Não sabem qual futuro os aguarda. Mas, apesar de tudo, a sua fé é forte". Gregório III Laham , Patriarca de Antioquia e todo o Oriente, de Alexandria e Jerusalém dos Melquitas.
"Nós não perdemos a esperança. Pelo contrário. Mesmo que o nosso homem exterior vá direto para a ruína, o nosso homem interior se renova a cada dia. Porque as provas que enfrentamos hoje não são nada diante da glória eterna para a qual estamos nos preparando".
Rezemos para que essa esperança não se enfraqueça. Rezemos para que Cristo, Príncipe da Paz e Luz do Mundo, dê confiança ao povo sírio para que o Espírito Santo incuta neles a esperança.
Maria, Rainha da Paz, rogai pela Síria, rogai por nós.
Trad.TS

Nenhum comentário: